Entenda os tipos de lâmpadas

Separamos aqui basicamente tudo que você precisa saber sobre lâmpadas e assim escolher a melhor pro seu ambiente.

Existem diversos tipos de lâmpadas disponíveis no mercado com diferentes tipos de aplicações, então para que você saiba comprar a que melhor se adeque ao seu ambiente é preciso pesquisar. Uma primeira classificação das lâmpadas pode ser feita com base no funcionamento da fonte luminosa: lâmpadas de incandescência, descarga ou indução.

entenda como escolher suas lâmpadas

Lâmpadas de Incandescência: emitem luz graças a um filamento de tungstênio levado à incandescência durante a passagem da corrente elétrica.

Lâmpadas de Descarga: a descarga elétrica num gás (entre dois eletrodos) produz a excitação dos eletrons, os quais, consequentemente emitem luz.

Lâmpadas de Indução: baseadas nos mesmos princípios da lâmpada de descarga, as lâmpadas de indução se diferenciam apenas porque a descarga feita no gás é produzida por uma corrente induzida por um campo magnético externo (sem existência de eletrodos).

entenda como escolher suas lâmpadas

Do ponto de vista luminotécnico podemos considerar algumas características importantes, tais como: rendimento luminoso, temperatura de cor, restituição de cores e tempo de vida média.

O rendimento luminoso refere-se à quantidade de Lumens (lm) que a lâmpada emite, e os Watts (W) que ela absorve, quanto maior a quantidade desses fatores for, mais forte é a luminosidade dela. O rendimento luminoso varia entre 8 lm/W e 200 lm/W.

A temperatura de cor indica a cor aparente da luz emitida. Ela vem quantificada em graus Kelvin (°K) e, ao aumentar a temperatura de cor, a cor da luz emitida passa de uma tonalidade quente (avermelhada/amarelada) para uma tonalidade mais fria (azulada). A tabela abaixo indica a tonalidade de cor da luz emitida por uma lâmpada:

entenda como escolher suas lâmpadas

E luz quente valoriza o objeto e deixa o ambiente mais aconchegante, como em casas e restaurantes à luz de velas.

entenda como escolher suas lâmpadas

Já a luz fria chama mais atenção ao ambiente e é mais usada em lugares onde não se deve sentir-se sonolento, como em escolas, hospitais e escritórios. Também são usadas as frias em locais de passagem rápida, como delegacias e restaurantes fast food.

entenda como escolher suas lâmpadas

Enquanto a branca morna pode ser usada em qualquer ambiente por ser neutra.

entenda como escolher suas lâmpadas

A restituição de cores indica a capacidade da fonte luminosa restituir fielmente as cores de um objeto ou de uma superfície iluminada. É expressada por um índice chamado “índice de restituição cromática” (IRC), por sua vez, ele é expresso por um número compreendido entre 0 e 100, onde a fidelidade máxima de restituição de cores do objeto iluminado é por definição indicada 100. Na tabela abaixo está a classificação do índice de restituição de cores em vários grupos:

entenda como escolher suas lâmpadas

A lâmpada que melhor reproduz a luz natural (luz do Sol) é a lâmpada branca quente. E a que melhor reproduz a cor real dos objetos é a branca fria.

A duração de vida média indicada pelos fabricantes, indica o número de horas após as quais 50% de um lote significativo de lâmpadas acesas deixam de emitir fluxo luminoso. A duração de vida média varia entre 1000 horas nas lâmpadas de incandescência e 60.000 horas nas lâmpadas de indução. As de LED de luz branca que têm sido cada vez mais aperfeiçoadas para substituir as lâmpadas de incandescência, podemos atingir uma duração de 100.000 horas.

Gostou? Compre já suas lâmpadass!

quero comprar lâmpadas