Qual cor pintar minha casa?

A cor a se escolher é uma grande dúvida na hora da decoração de um cômodo, por isso preparamos este post para ajudá-los a escolher a cor certa para seu ambiente.

Há quem considere a pintura das paredes apenas um detalhe no contexto geral de uma decoração, mas é importante salientar que a cor escolhida influência diretamente na combinação dos móveis e no clima do ambiente, como as pessoas se sentem, qual sentimento remete, entre outros.

Cores

As cores são a primeira parte a se pensar no ambiente, além de escolher uma que reflita a sua personalidade é importante pensar em como conseguirá utilizá-las de forma que agreguem como um todo. Existem algumas dicas que contribuem para isso:

Para camuflar objetos

Pinte a parede onde o objeto ficará exposto da mesma cor dele, assim, conseguirá não deixá-lo em evidência na decoração.

Para destacar objetos

Destacar objetos: Utilize cores intensas (hoje em dia as fluorescentes estão em alta) ou uma que contraste com o objeto em questão.

Para dar impressão de uma parede maior

Utilize uma pintura bicolor, onde a parede será dividida em duas cores, sendo a parte de cima mais clara que a de baixo.

casa colorida decorada
casa colorida decorada
casa colorida decorada
casa colorida decorada
casa colorida decorada
casa colorida decorada

Psicologia das cores

Avalie as sensações que as cores escolhidas vão transmitir para o ambiente.

Laranja: Força, euforia, alegria e confiança

Amarelo: Estimulante, alerta, esperança e fome

Vermelho: Dinamismo, energia, revolta, calor e raiva

Azul: Viagem, verdade e intelectualidade

Roxo: Mistério, fantasia, egoísmo e espiritualidade

Verde: Bem – estar, paz, saúde e equilíbrio

Combinando as cores

O círculo cromático pode auxiliar nas combinações por meio das cores primárias, análogas, secundárias, complementares, intermediárias e complementares de componentes como nas fotos abaixo:

psicologia das cores

Para ter certeza que as combinações das novas cores vão dar certo e ornar no espaço, avalie-as com as cores dos móveis e piso do ambiente, dessa forma as chances de não combinarem são menores.

Esperamos que essas dicas de decoração tenham ajudado você, por que muitas vezes os detalhes simples podem passar despercebidos. Então, agora que está mais por dentro, que tal mudar um pouco aquele espaço sem cor que está precisando de um up?